Feeds:
Posts
Comentários

Archive for março \02\UTC 2015

                Há um ditado comum – o qual não concordo muito – que diz que “Deus escreve certo por linhas tortas”. Espero que eu seja sempre essa linha torta!

                Ontem estava pensando sobre alguns casos recentes, problemas que amigos estão enfrentando, atual crise econômica que nosso país se encontra, entre outras coisas. Sem dúvida tudo indica que o pior ainda vai chegar pois os preços não param de subir, categorias iniciaram paralizações, ou seja, se algo não acontecer certamente estaremos a beira de um colapso.

                Trazendo para o contexto “igreja” posso ver que o sentimento das pessoas é o mesmo. A igreja (quando falo igreja refiro a nós e não a uma construção, ok?) não está imune aos problemas externos, principalmente os de ordem econômica. Talvez um culto, reunião ou missa seja o único momento na face da Terra onde sentados lado a lado, distanciados de poucos centímetros, tenhamos uma pessoa muito rica e uma que talvez esteja até passando fome. Sei que estamos num Estado livre onde cada um trabalha e ganha seu dinheiro digno, alguns mais outros bem menos, isso é justo. Entendo também que cada pessoa tem o livre e pleno direito de fazer o que quiser com seus recursos e isso é bom, é democrático. Também posso afirmar que ninguém é obrigado a nada! Todos somos livres ok? Quanto às obras, sabemos que elas não nos levam ao céu e nem nos fazem chegar perto dele (embora várias religiões acham que as obras carimbam nosso passaporte para a glória). Mais uma vez reitero que ninguém é obrigado a nada! Porém paro a pensar como que pode alguém que se autoafirma cristão chegar em casa à noite, tomar um bom banho, deitar e dormir sabendo que pessoas estão se deitando sem ao menos fazer uma refeição naquele dia? “Pessoas” é muito amplo, ok, vamos pensar então como podemos dormir sabendo que membros do nosso círculo de amizades, nossos cultos ou trabalham conosco estejam passando por problemas? Nossa primeira reação é colocar a culpa no governo, ministro da fazenda, economia, recessão mundial e por aí vai. É claro que a culpa é deles, mas isso é motivo para eu cruzar os braços?

                Você, assim como eu, somos conhecidos por cristãos. Não sei se você sabe mas esse título começou a ser usado na Antioquia quando os discípulos conviviam entre as pessoas. Esse título não partiu deles e sim dos demais, que observavam suas ações e diziam: “Eles são cristão, se parecem com Cristo”. Confesso que tenho vontade de abdicar deste título e começar a usar o simpatizante que combinaria mais com meu atual estilo de vida. Radical demais? Responda, por favor, as perguntas abaixo:

  • O que Jesus faria se encontrasse um mendigo?
  • O que Jesus faria se alguém estivesse passando fome?
  • O que Jesus faria se o vizinho dele estivesse com problemas financeiros?
  • O que Jesus faria se o bebê da vizinha estivesse doente na madrugada?
  • O que Jesus faria se um companheiro de ministério estivesse com sérios problemas?
  • O que você faria se estivesse no lugar de Jesus nas perguntas acima?

                É muito fácil e lindo ler na Bíblia situações adversas e as soluções encontradas. Quem não gosta de ver lindas atitudes? Quem não gosta de compartilhar no Facebook vídeos de pessoas se ajudando, gentilezas, etc? Agora, quem gosta de arregaças as mangas e começar a fazer o mesmo?

                Igrejas e outras agremiações possuem assistência social mas isso fica muito aquém da necessidade atual.

Digo-lhes a verdade: o que vocês fizeram a algum dos meus
menores irmãos, a mim o fizeram.
Mateus 25:40
Digo-lhes a verdade: o que vocês deixaram de fazer a alguns destes
mais pequeninos, também a mim deixaram de fazê-lo.
Mateus 25:45

Deus abençoe a todos,

                Amilton dos Santos Júnior

                http://amiltonsantorjr.wordpress.com

Read Full Post »